Popular Posts

Blogroll

Usuários online

About

Minha lista de blogs

Uma doce Ironia "Doce"

Aqui você encontra frases e palavras que descrevem meu momento ... que me traduzem!


contato: manuella.a.sousa@gmail.com

“As palavras não nascem amarradas, elas saltam, se beijam, se dissolvem, no céu livre, por vezes um desenho, são puras, largas, autênticas, indevassáveis”.

Drummond

visualizações

Tecnologia do Blogger.

Siga por e-mail!

About Me

Minha foto
Manuela Alves
Adoro gente sincera e inteligente, letras de música, libélulas e cachorrinhos. Amo minha mãe, meu amor “Kim”, minha família e amigos. Adoro a noite, o céu e o vento, o frio, escrever, ler, assistir filmes com pipocas, chocolate, beijo na boca, edredom, risadas fora de hora, passear de mãos dadas, escutar historias dos mais velhos, muito queijo, lilás, fadas, cheiro de chuva, sorvete, dormir, conversar com minhas amigas até tarde da noite comendo brigadeiro de panela, carnaval, aniversário, adoro rock, violão e voz, MPB, adoro Zeca Baleiro, Ana Carolina, Clarice Lispector, Mario Quintana, telefonemas inesperados, e mais um tanto de coisas... Não necessariamente nessa mesma ordem... Não tolero a falsidade, e prefiro a sinceridade. Sou curiosa e generosa. Aposto nas pessoas e acredito em seu potencial, gosto de cantar alto mesmo que totalmente desafinada, carinho, fazer planos, aprender coisas novas, entre outras muitas coisas, VIVER. A única coisa que exijo e que não me ROTULE me CONHEÇA.
Visualizar meu perfil completo

Followers

terça-feira, 27 de dezembro de 2011
Sabe quando o nome do blog começa a fazer sentido na minha vida!? Pois é... 

Bem vindos a minha Doce Ironia “DOCE”!

=)
segunda-feira, 3 de outubro de 2011

"Na verdade é bem simples. O ser transcende a aparência, assim que você começa a descobrir o ser que há por trás de um rosto muito bonito ou muito feio, de acordo com seus conceitos e preconceitos, as aparências superficiais somem até simplesmente não importarem mais."
Você é tão acostumadO
A sempre ter razão
Você é tão articuladO
Quando fala não pede atenção
O poder de dominar é tentador
Eu já não sinto nada
Sou todo torpor
É tão certo quanto calor do fogo

Eu já não tenho escolha
E participo do seu jogo, participo
Não consigo dizer se é bom ou mal
Assim como o ar me parece vital
Onde quer que eu vá o que quer que eu faça
Sem você não tem graça

Você sempre surpreende
E eu tento entender

Você nunca se arrepende
Você gosta e sente até prazer
Mas se você me perguntar
Eu digo sim, eu continuo
Porque a chuva não cai
Só sobre mim
Vejo os outros,
Todos estão tentando
E é tão certo quanto calor do fogo
Eu já não tenho escolha
E participo do seu jogo, participo.

Capital Inicial
quarta-feira, 17 de agosto de 2011
"Devia ter arriscado mais, 
E até errado mais, 
Ter feito o que eu queria fazer... 
...Ter morrido de amor..."
quarta-feira, 10 de agosto de 2011




” [...] Casa com vida tem fogão gasto pelo uso,
pelo abuso das refeições fartas,
que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.

E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.[...][...] E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que a gente arruma
pra ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias…

Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela…
E reconhecer nela o seu lugar”
segunda-feira, 1 de agosto de 2011
Essa citação de "Fernando Melo" poderia ser (se eu tivesse escrito) meu auto-retrato!


Nem eu mesma me descreveria tão bem!

“Não sou boa com números. Com frases-feitas. E com morais de história. Gosto do que me tira o fôlego. Venero o improvável. Almejo o quase impossível. Meu coração é livre, mesmo amando tanto. Tenho um ritmo que me complica. Uma vontade que não passa. Uma palavra que nunca dorme. Quer um bom desafio? Experimente gostar de mim. Não sou fácil. Não coleciono inimigos. Quase nunca estou pra ninguém. Mudo de humor conforme a lua. Me irrito fácil. Me desinteresso à toa. Tenho o desassossego dentro da bolsa. E um par de asas que nunca deixo”.
Fernanda Mello


quarta-feira, 29 de junho de 2011

“Eu deixo aroma até nos meus espinhos,
ao longe, o vento vai falando de mim”.
Cecília Meireles
"As vezes o acaso fica preguiçoso. Quando isso acontece, é necessário o acaso provocado."

Chico Buarque
quinta-feira, 23 de junho de 2011


Quem foi que te mentiu dizendo que os Opostos se Atraem ?

As pessoas costumam dizer: “Os opostos se atraem”.

Na verdade os semelhantes se aproximam… …Isso chama-se projeção!

Você é atraído por algo que você vê na outra pessoa, semelhante à aquilo que você vê em você mesmo ….. pode ser, valores, princípios, comportamentos…. Do contrário também é verdadeiro! Quando você não simpatiza com alguém, na verdade é porque você viu nela, aquilo que você não aceita em você mesmo! REPRESSÃO! Freud ou “FROIDE” rsrsrs... Explica!

Esse é o fenômeno da identificação!

Cada dia tenho mais certeza que essa frase é totalmente sem noção.

DEFINITIVAMENTE: OS SEMELHANTES SE ATRAEM!

Não falo somente de relações amorosas, + principalmente das relações de amizades. 

E semelhantes são artigos raros!



terça-feira, 21 de junho de 2011

Quando eu te vi andava tão desprevenida
Que nem ouvi tocar o alarme de perigo
E você foi me conquistando devagar
Quando notei já não tinha como recuar
E foi assim que nos juntamos distraídos
Que no começo tudo é muito divertido
Mas sempre tinha um amigo pra falar
Que o nosso amor nunca foi feito pra durar
Ninguém pode negar que o nosso amor é tudo
Tudo que pode acontecer com dois bicudos
Não são tão poucas as arestas pra aparar
Mas é que o meu desejo não deseja se calar
Musica perfeita...
sábado, 18 de junho de 2011


''Não precisa ser eterno para ter valido a pena''
domingo, 5 de junho de 2011


"Gastei todas as minhas mentiras na paixão. Gastei todas as minhas verdades no amor. O que sobrou sou EU"
Carpinejar 

sexta-feira, 3 de junho de 2011
Não imponho a minha pessoa a ninguém. 
Não imploro afeto. 
Não sou indiscreta nas minhas relações. 
Tenho poucos amigos, porque acho mais inteligente ser seletivo a respeito daqueles que você escolhe para contar os seus segredos. 
Então, se sou chata, não incomodo ninguém que não queira ser incomodado. 
Chateio só aqueles que não me acham uma chata, por isso me querem ao seu lado. 
Acho sim, que, às vezes, dou trabalho. 
Mas é como ter um Rolls Royce: se você não quiser ter que pagar o preço da manutenção, mude para um Passat.


Fernanda Young, diva.
quarta-feira, 11 de maio de 2011


Trecho de um texto publicado no blog Salada Mista por Elise Machado que me identifiquei muito!




 ...A inocência nos faz menos hipócritas também. E como o nosso tempo atual é hipócrita...

Precisa de manual de regras pra viver nessa sociedade.


Sinto muita falta também da inocência da minha virgindade.

Ai, que saudades da minha virgindade!

Não daquela membrana ridícula, que não significa nada.
Aquela inocência virgem que nos permitia ficar horas e horas beijando, e só.
Porque quando a gente é virgem, aproveita a inocência ao máximo.
Que importava engolir ou cuspir, por cima ou de costas,
quem botava o que onde, hetero, gay, trans ou homoafetivo?
Nos importava era beijar.
Era acariciar. Com calma, e ao mesmo tempo com ansiedade.
Era descobrir o outro.
Era taquicardia, borboletas no estômago.

Hoje, a nossa pressa e falta de inocência é quase uma mata-borboletas, um Baygon.
Quem tem tempo para elas?
A gente está mais preocupado com o nosso desempenho -
eles, se vão saber fazer tudo. Elas, se vão deixar que eles façam tudo.
Neurose pra trepar que estraga o negócio.

Ser inocente não tem preço.
Te permite ser livre.
Livre do medo de parecer bobo, livre do medo de se expor, de se mostrar.
Do medo de gostar e não ser gostado de volta.
Ser ingênuo e inocente te livra de ser um vellhaco, safo.
Porque tantos velhacos safos juntos estão cansando o convívio.

Saudades disso.
Desse "é porque é", sem explicação.
Sem racionalização.
Sem neurose, medo, motivos obscuros, sem levar vantagem.

Saudades do tal desconhecido que queria te oferecer flores.
Não pra te levar pra cama.
Só porque te achou bonita.
Saudades desse Impulse.

segunda-feira, 25 de abril de 2011
Uma desculpa pra mostrar minha coelhinha + linda do mundo! 
Analice a sobrinha gatona!



Feliz Páscoa!
quinta-feira, 7 de abril de 2011

Pode invadir ou chegar com delicadeza, 
mas não tão devagar que me faça dormir.
Não grite comigo, tenho o péssimo hábito de revidar.
Acordo pela manhã com ótimo humor, mas...
permita que eu escove os dentes primeiro.
Sou “charmosamente” desastrada e distraída,
Toque muito em mim, principalmente nos cabelos 
e minta sobre minha nocauteante beleza.
Tenho vida própria, “mas não” me faça sentir saudades,
conte algumas coisas que me façam rir, mas não conte piadas 
e nem seja preconceituoso.
Viaje antes de me conhecer, se apaixone antes de me conhecer,
sofra antes de mim para reconhecer-me um porto,
um albergue da juventude. 
Eu saio em conta, você não gastará muito comigo.
Acredite nas verdades que digo e também nas mentiras, 
elas serão raras e sempre por uma boa causa.
Respeite meu choro, me deixe sozinha, só volte quando eu chamar
e...,
não me obedeça sempre, pois eu também
(adoro) gosto de ser contrariada. 
( Então fique comigo quando eu chorar, combinado?).
Seja mais forte que eu e menos altruísta!
Não se vista tão bem... gosto de camisa para fora da calça,
gosto de braços
, gosto de pernas, de olhos pequenos e um belo sorriso.
Reverenciarei tudo em você que estiver a meu gosto:
boca, cabelos, os pelos do peito e um joelho esfolado,
você tem que se esfolar as vezes, mesmo na sua idade.
Leia, escolha seus próprios livros, releia-os.
Odeie a vida doméstica e os agitos noturnos.
Não deixe que nosso romance caia na mesmice,  
Eu preciso e gosto de ta sempre em movimento.
Seja um pouco caseiro e um pouco da vida, 
não de boate que isto é coisa de gente triste.
Não seja escravo da televisão, nem xiita contra.
Nem escravo meu, nem filho meu, nem meu pai. 
Escolha um papel para você que ainda não
tenha sido preenchido e o invente muitas vezes.
Me enlouqueça uma vez por semana
(se for possível todo santo dia), mas me faça uma louca boa, 
uma louca que ache graça em tudo que rime com louca: 
loba, boba, rouca, boca ...

Goste de rock e de sexo. goste de um esporte não muito banal.
Não invente de querer muitos filhos ainda estou analizando se quero ter pelo menos um (1), me leve a missa,
me apresente a sua família...
Deixe eu dirigir o seu carro, que você adora.
Quero ver você nervoso, inquieto, NÃO – definitivamente não (rsrsrs) olhe para outras mulheres,
tenha amigos e digam muitas bobagens juntos (finjo não gostar mais adoro ver você sorrir com eles).
Não me conte seus segredos ... me faça massagem nas costas.
Não fume, beba, me faça rir muito, chore, eleja algumas contravenções.
Me rapte!
Se nada disso funcionar... Experimente me amar!!!

Manuela Alves! (rsrs)
Martha Medeiros. 

terça-feira, 5 de abril de 2011

“Eu preciso aprender a ser menos. Menos dramática. Menos intensa. Menos exagerada.
(...)
Menos orgulhosa, menos teimosa, menos passional.
Alguém já desejou isso na vida ser menos?
Pois é. Estranho.
Mas eu preciso.”


Fernanda Mello

terça-feira, 29 de março de 2011


Te amarei, baby, sempre
E estarei ao seu lado por toda a eternidade, sempre
Eu estarei lá até as estrelas deixarem de brilhar
Até os céus explodirem e as palavras não rimarem
E sei que quando eu morrer, você estará em minha mente
E eu te amarei sempre!

Always
Bon Jovi

*essa música lembra uma escolha que fiz, graças que voltei a tempo!
*...porém tinha que ter sido assim pra ser perfeito hoje!
segunda-feira, 28 de março de 2011

É que amar tem tantos significados que a gente se perde
E amar talvez seja outra coisa
Aquela mistura de pé no chão e cabeça no peito de alguém
É um ir embora e levar tudo de outra pessoa com você, olhos, cheiro, mão, palavra...
É sentir-se livre estando preso
É deixar livre e ficar leve
É saber que o coração dos outros não te pertence,
mas mesmo assim, alguém quer dá-lo a você


Vanessa Leonardi
segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Daí que ontem fiz 26aninhos e ganhei uma linda festinha surpresa dos meus amigos! 
Obrigada a todos!!!!!!

Sou mais feliz pq tenho eles perto de mim, AMIGOS!!!!

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011


“As pessoas pensam que uma alma gémea é o seu encaixe perfeito, e é isso que toda a gente quer. Mas uma verdadeira alma gémea é um espelho, é a pessoa que te mostra tudo aquilo que te prende, a pessoa que te chama a atenção para que possas mudar a tua vida. Uma verdadeira alma gémea é, provavelmente, a pessoa mais importante que alguma vez conhecerás porque irá derrubar os teus muros e despertar-te à força. Mas viver com uma alma gémea para sempre? Não. Demasiado doloroso. As almas gémeas entram na nossa vida apenas para nos revelar outras camadas de nós próprios, e depois vão embora.”
in Eat, Pray, Love