Popular Posts

Blogroll

Usuários online

About

Minha lista de blogs

Uma doce Ironia "Doce"

Aqui você encontra frases e palavras que descrevem meu momento ... que me traduzem!


contato: manuella.a.sousa@gmail.com

“As palavras não nascem amarradas, elas saltam, se beijam, se dissolvem, no céu livre, por vezes um desenho, são puras, largas, autênticas, indevassáveis”.

Drummond

visualizações

Tecnologia do Blogger.

Siga por e-mail!

About Me

Minha foto
Manuela Alves
Adoro gente sincera e inteligente, letras de música, libélulas e cachorrinhos. Amo minha mãe, meu amor “Kim”, minha família e amigos. Adoro a noite, o céu e o vento, o frio, escrever, ler, assistir filmes com pipocas, chocolate, beijo na boca, edredom, risadas fora de hora, passear de mãos dadas, escutar historias dos mais velhos, muito queijo, lilás, fadas, cheiro de chuva, sorvete, dormir, conversar com minhas amigas até tarde da noite comendo brigadeiro de panela, carnaval, aniversário, adoro rock, violão e voz, MPB, adoro Zeca Baleiro, Ana Carolina, Clarice Lispector, Mario Quintana, telefonemas inesperados, e mais um tanto de coisas... Não necessariamente nessa mesma ordem... Não tolero a falsidade, e prefiro a sinceridade. Sou curiosa e generosa. Aposto nas pessoas e acredito em seu potencial, gosto de cantar alto mesmo que totalmente desafinada, carinho, fazer planos, aprender coisas novas, entre outras muitas coisas, VIVER. A única coisa que exijo e que não me ROTULE me CONHEÇA.
Visualizar meu perfil completo

Followers

domingo, 30 de agosto de 2009

Sábado passado dia 22 de agosto de 09, eu e o meu amore completamos 4 aninhos maravilhosos de namoro, claro que nesses 4 anos a gente brigou, fizemos as pazes, brigamos novamente, rimos, brincamos, sentimos saudades, discordamos, construímos uma confiança e uma intimidade juntos que julgamos ÚNICA, dividimos juntos nossas conquistas, frustrações, vitorias, momentos especiais, momentos tristes, passamos por vários momentos juntos - sempre sabendo que podemos contar um com o outro SEMPRE a qualquer hora - pra qualquer coisa. Hoje eu posso abrir a boca e gritar que amo ele por demais da conta – e ele IDEM (rsrsrs).

Hummmm... Sábado passado ele me surpreendeu muitãoooo, o Eliaquim é um cara ultra na dele, então no dia do nosso niver de namoro teve um showzinho de rock que ele ia tocar, pois que no meio do show ele pega o microfone e faz uma declaraçãozinha linda de amor em comemoração ao nosso aniversário de namoro e logo após eles tocaram a música “Por Você” de Barão Vermelho, não poderia ser mais perfeito e eu “claroooo” fiquei toda besta.

Essa letra da música “O Que Eu Também Não Entendo” de Jota Quest, diz tudão o que eu queria dizer pra vc nesse momento!

Esta não é mais uma carta de amor, são pensamentos soltos traduzidos em palavras, prá que você possa entender o que eu também não entendo. Amar não é ter que ter sempre certeza. É aceitar que ninguém é perfeito pra ninguém. É poder ser você mesmo e não precisar fingir, é tentar esquecer, e não conseguir fugir. Já pensei em te largar, já olhei tantas vezes pro lado. Mas quando penso em alguém, é por você que fecho os olhos. Sei que nunca fui perfeita, mas por você eu posso ser até eu mesma, que você vai entender. Posso brincar de descobrir desenho em nuvens, posso contar meus pesadelos a até minhas coisas fúteis. Posso tirar a tua roupa, posso fazer o que eu quiser. Posso perder o juízo, mas com você estou tranqüila. Agora o que vamos fazer? Eu também não sei. Será que amar é mesmo tudo? Se isso não é amor, o que mais pode ser?



Obrigada por me fazer ULTRA FELIZZZZ!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009
Uma verdade que tem que ser dita.


Retirado de um blog muito legal: http://frasesilustradas.wordpress.com/
domingo, 16 de agosto de 2009

Meus selinhos amados que ganhei de minha amiga Ísis! (Obrigadinha amiga).

Hora de posta-los!!!

REGRAS:

1º: Dizer quem ofereceu o selo e colocar o link do blog que o ofertou: Tomorrow's a Brand New Day

2º: Copiar e responder as perguntinhas;

3º: Escolher 10 outras amigas p/ passar o selinho e colocar o link para o blog delas;

4º: Avisá-las que ganharam o selinho;

PERGUNTAS:
1ª Mania: mexer nos cabelos.

2ª Pecado Capital: Preguiça

3ª Melhor cheiro do mundo: chuva.

4ª Se o dinheiro não fosse problema? Eu não passaria os fins de semana em casa, Obs.: IPVA da minha motoca atrasado (que nenhum policial leia isso).

5ª Casos de infância? Hummmmm....

6ª Habilidades de dona de casa: arrumar casa cantado como uma DOIDA.

7ª O que não gosta de fazer em casa: Lavar roupa na mão e cortar carnes em geral. (rsrsrsrs...)

8ª Desabilidades como dona de casa: Cozinhar!

9ª Frase: "eu te amo!"
10ª Passeio para a alma: Cantar bem alto do meu jeito.

11ª Passeio para o corpo: Trilha no mato, com direito a: (riozinho, fruteiras, sombra, brincadeiras, pássaros...)

12ª O que me irrita: descriminação.
13ª Frase ou palavra que falo muito: Poxaaaa (fazendo dengo). Kakakakaka...
15ª Desce do salto e sobe o morro quando: quando duvidam de coisas que eu tenho certeza.

16ª Perfume que uso no momento: Acordes Harmonia "O Boticário".
17ª Elogio favorito: Você está linda.
18ª Talento oculto: Éh oculto! (rsrsrsrsrs...)
19ª Não importa que seja moda, não usaria nem no meu enterro: Calça comprida branca. (ecaaaaa).
20ª Queria ter nascido sabendo: falar em Inglês!!!

21ª Eu sou extremamente: sensível.



Também ganhei da Ísis!



Saímos pelo mundo em busca de nossos sonhos e ideais. Muitas vezes, colocamos nos lugares inacessíveis tudo aquilo que está ao alcance das mãos. Quando descobrimos o erro, sentimos que perdemos tempo buscando longe o que já tínhamos perto. Culpamo-nos pelos passos errados, pela procura inútil, pelo desgosto que causamos.

Diz o mestre:

Embora o tesouro esteja enterrado na sua casa, você só irá descobri-lo quando se afastar. Se Pedro não tivesse experimentado a dor da negação, não teria sido escolhido como chefe da Igreja. Se o filho pródigo não tivesse abandonado tudo, jamais seria recebido com festa por seu pai.

Existem certas coisas em nossas vidas que têm um selo dizendo: “Você só irá entender meu valor quando me perder e me recuperar”. Não adianta querer encurtar este caminho.




Trecho do Livro MAKTUB de

Paulo Coelho


Isso fez todo sentindo pra mim um dia, ou melhor, pra nós.